Gravia 50 anos - A maior indústria metalúrgica do centro-oeste

05/08/2011

Guia Exame Melhores e MaioresO Guia Exame Melhores e Maiores, principal publicação do Brasil sobre o desempenho da atividade produtiva nacional, confirmou a Gravia como maior indústria metalúrgica do centro-oeste brasileiro em 2010. Em todo o país foram avaliados dados de empresas divididas entre 18 setores da economia, estabelecendo um ranking para apontar as que mais se destacaram na condução de seus negócios e na disputa com as concorrentes. Esta pesquisa é realizada anualmente e tem como critério a comparação dos resultados obtidos em termos de crescimento, rentabilidade, saúde financeira, investimentos, participação de mercado e produtividade por empregado.

Projeto 50

Calandra de Perfil Calandra Automatizada Dobradeira Corte a Plasma

A empresa, que nasceu em 1961 como serralheria Irmãos Gravia, sempre se destacou pelo rigor na qualidade, pelo respeito ao cliente e pela capacidade de inovar. Cinco décadas de constantes investimentos em tecnologia e capacitação de pessoas fizeram a Gravia alcançar um patamar elevado de desempenho competitivo e atuar com desenvoltura por todo o país. Em 2010, a empresa iniciou um novo plano de investimentos, denominado Projeto 50, impactando na renovação e ampliação de suas unidades industriais em Brasília e Goiás. Neste ano de cinquentenário, a Gravia segue ampliando significativamente sua capacidade produtiva, com a aquisição de novos maquinários de alta tecnologia, a exemplo do corte a plasma computadorizado para chapas de aço e alumínio, da calandra de perfis e tubos, da calandra de chapas longas e de uma das maiores dobradeiras de chapas do Brasil, capaz de produzir perfis estruturais de até 14 metros de comprimento.

Fábrica de Portas e JanelasNa unidade Gravia Portas e Janelas, que está entre as três maiores indústrias deste segmento no país, o destaque fica por conta da modernização do processo produtivo de esquadrias de aço. Além da atualização do layout produtivo, a indústria sediada em Anápolis-GO passou a utilizar robôs na linha de produção e a implantar um sistema de última geração para o tratamento anticorrosivo e pintura base para as esquadrias, idêntico ao utilizado pela indústria automobilística. Todos esses novos projetos do Grupo Gravia levam também em conta a responsabilidade socioambiental da empresa, seja buscando maior racionalidade no consumo de energia ou na redução significativa da emissão de resíduos no meio ambiente. Enfim, nada melhor do que chegar aos 50 anos comemorando a vitalidade, a garra e o fôlego de uma organização que aprendeu com o tempo a evoluir e a inovar com responsabilidade.