Policarbonato - um material leve, resistente e versátil

14/04/2009

O policarbonato é um termoplástico, ou seja, um plástico que amolece ao ser aquecido e endurece quando resfriado, permitindo que se façam curvas ou outros formatos, sem nenhuma emenda.

É um material de alta transparência e resistência a impactos. Mais leve que o vidro, pode ser curvado a frio e tem proteção contra raios ultravioleta.

O Policarbonato é encontrado em chapas e telhas. São três os tipos de chapas encontradas no mercado: as compactas, as alveolares e as refletivas (chapas compactas com tratamento anti-abrasivo e melhor eficiência térmica).

A escolha do produto deve levar em conta fatores como a luminosidade, o raio da curvatura desejada e o conforto térmico, além do efeito estético e o preço.

É indicado para coberturas e fechamentos que exigem iluminação natural, pois seu nível de transparência chega a 90%. Por sua alta resistência a impactos (em média 200 vezes superior à do vidro e trinta vezes maior que a do acrílico), é recomendado para cobrir áreas externas como gazebos, jardins de inverno, garagens, estufas e piscinas.

As chapas e telhas são disponíveis nas cores cristal, bronze e branco leitoso, alguns tipos também são oferecidos em verde, azul e cinza.

É bom lembrar que as cores escuras, como o bronze, absorvem mais calor e têm menor índice de luminosidade.Durante a instalação, deve-se deixar um espaço para dilatação, pois o policarbonato tem alto coeficiente de expansão térmica.

Outra característica é a sensibilidade do material à abrasão. Menos rígido do que o vidro, ele risca facilmente. Assim, para áreas que exigem limpeza constante, recomenda-se a colocação de uma película anti-abrasiva. Alguns produtos já vêm com esta película.

Para limpar, basta água e sabão neutro; produtos abrasivos ou alcalinos fortes são proibidos.

A instalação em geral é feita por empresas credenciadas pelos distribuidores.

Elas podem responsabilizar-se pela compra do material, montagem das estruturas e colocação.

As chapas devem ser fixadas sobre estruturas de aço ou alumínio.

Precauções

Apesar do Policarbonato ser muito mais leve que o vidro as estruturas devem ser dimensionadas para o efeito do vento, que é muito maior que o peso próprio das estruturas com policarbonato ou com vidro.

  • Não usar elementos de limpeza abrasivos ou altamente alcalinos, como por exemplo: saponáceos ou limpadores a base de amoníaco.
  • Não usar Butilo Celusolo nem Isopropanol na superfície protetora do Policarbonato.
  • Não lavar as chapas de Policarbonato sob sol forte ou temperatura elevada.
  • Não aplicar esforços físicos nas estruturas e chapas sem orientação prévia.

OBSERVAÇÃO: O mais recomendável é sempre procurar empresas especializadas para que não haja danos no material.

Usinagem

As chapas de policarbonato podem ser cortadas e furadas. Recomendamos serras de fita ou circulares e brocas fabricadas de aço carbono.

Para as operações de corte e furação, as chapas devem estar bem fixadas em bancadas de trabalho, para que se evitem riscos.

É importante que ao final da operação de corte as extremidades das chapas sejam levemente arredondadas, evitando o acúmulo de tensões residuais.

Armazenagem

  • O armazenamento deve ser em local limpo e seco.
  • Quando o material for levado para a obra, é muito importante mantê-lo a sombra, a fim de evitar que os raios de sol provoquem uma reação e a película protetora se cole na chapa.
  • Mantenha o material limpo e seco.

Fonte: Portal Met@lica